menu

Corpo Santo HotelCorpo Santo Hotel

História em construção

O LARGO DO CORPO SANTO

Durante séculos o Largo do Corpo Santo, onde está inserido o hotel, foi um logradouro de pescadores e estaleiro naval. O seu nome deve-se à presença da antiga ermida de Nossa Senhora da Graça, construída no século XV, que guardava uma imagem de S. Pedro Gonçalves, ou “Corpo Santo”, tida por milagrosa e venerada pelos pescadores. 

 

O HOTEL

O Corpo Santo Historical Hotel ocupa um lugar repleto de história e durante os trabalhos foram descobertos inúmeros artefactos ancestrais esquecidos. O núcleo museológico do hotel, situado no piso -1, propõe exposições periódicas com exibições de peças recolhidas durante a reconstrução do edifício, tais como um conjunto de cerâmica dos séc. XV e XVI, cachimbos de produção inglesa e 32 metros de muralha Fernandina.

 

CERVEJA PORTER

O nome do restaurante do hotel, Porter, é uma homenagem ao tipo de cerveja inglesa que era fabricada no Largo do Corpo Santo no século XVIII. O Corpo Santo esteve, assim, associado aos primórdios da indústria cervejeira do país.


Deixe-se levar

Descubra Lisboa! O Castelo de São Jorge com a sua vista panorâmica sobre Lisboa; as ruas labirínticas de Alfama e as suas casas de Fado; o Chiado com as suas lojas de rua e as ruinas do Convento do Carmo; o Mosteiro dos Jerónimos, que abençoa o estuário do Tejo e, claro, os pasteis de Belém para adocicar a sua visita. Deixe-se levar pela magia e pelas histórias dos cantos e recantos da cidade.

 


Perto do Hotel:

 

Mercado da Ribeira

Em 2014 a revista Time Out transformou o maior mercado Lisboeta numa praça de alimentação para gourmets. É um lugar impressionante onde se pode encontrar pratos de todo o tipo, desde tipicamente portugueses à asiáticos e italianos, criados por chefs premiados e alguns dos melhores restaurantes de Lisboa.

 

O Terreiro do Paço

A Praça do Comércio, mais conhecida por Terreiro do Paço, é a mais emblemática praça da capital e uma das maiores da Europa. Situada junto ao rio Tejo e rodeada de construções do século XVIII, ela oferece uma das mais belas vistas de 360º da cidade com o Tejo, os ministérios e as suas arcadas, a Sé de Lisboa e o Arco da Rua Augusta.

 

A Rua Augusta

A rua pedestre mais conhecida da cidade, a Rua Augusta atrai turistas e Lisboetas com as suas inúmeras lojas, restaurantes e animação de rua. Ela liga duas das mais belas praças da cidade, o Rossio e o Terreiro do Paço.

 

O Chiado

Conhecido pelo seu comércio de rua, teatros e cafés literários, que eram frequentados por escritores, poetas e intelectuais, o Chiado é um dos bairros mais simbólicos e tradicionais de Lisboa. Nesta parte cosmopolita da cidade encontram-se algumas das suas lojas mais antigas, tal como a Livraria Bertrand (1747) e a loja Lisboa em Paris (1888).

 

O Bairro Alto

O epicentro da vida nocturna lisboeta, o Bairro Alto é constituído de pequenas ruas  estreitas ladeadas de bares, restaurantes e lojas. Apesar de ainda estar aberto ao trânsito local, é um bairro onde se vive e convive na rua.

VeriSign Secured, McAfee Secure, W3C CSS compliant
GuestCentric - Hotel website & booking technology